Laboratories

DEXAMETASONA BURNET

Anti-inflamatório neoglucogênico
Esteroide de mínima ação mineralocorticoide, 20 vezes mais potente que a prednisolona em seu efeito anti-inflamatório
Uso injetável
Embalagem com 12 frascos de 10 ml ou 20 ml e frasco de 100ml

Fórmula: Dexametasona 21-fosfato dissódico 200 mg, veículo c.s.p. 100 ml.
Indicações de uso: processos inflamatórios de etiologia diversa não infecciosa. Cetose, terapêutica de apoio à vaca caída. Indutor do parto em vacas e ovelhas. Hipersensibilidade e alergias em pequenos animais.
Administração e dose: por via I.M. e I.V.
Bovinos: 0,1 a 0,4 ml / 10 kg de peso, em dose única; como indutor do parto 10 ml.
Equinos: 1,25 a 2,5 ml por animal em estado de choque, por via I.V., seguida de igual dose de manutenção em intervalos de 1, 3, 6 ou 10 horas, determinado pela condição do paciente.
Em casos de tratamentos prolongados, a dose deveria reduzir-se paulatinamente, até interrompê-la.
Suínos: 0,1 a 0,4 ml / 10 kg de peso, em dose única.
Ovinos: 1 a 2 ml em dose única.
Caninos e Felinos: como anti-inflamatório: 0,5 a 1 ml /10 kg de peso por via I.V. ou I.M. cada 12-24 horas. Dose de choque em casos de lesão vertebral: 1,1 a 2,2 ml/kg de peso por via I.V.
Aplicar conforme critério do profissional atuante.
Contraindicações: doença cardíaca congestiva, disfunção renal, diabetes, osteoporo se, cataratas, doenças oculares e fêmeas prenhadas.
Ação: a dexametasona é um esteroide de mínima ação mineralocorticoide, vinte vezes mais potente que a prednisolona.